Você recomendaria um ex namorado para outra pessoa? A pergunta virou um Tumblr com um email de contato para receber recomendações. A conversa funcionava assim: tem um ex para recomendar? manda um email com uma descrição recomendando seu EX que eu posto no site.

Foram milhares de recomendações, a conversa foi tão grande que acabei dando entrevistas no,  Jornal da GloboGNT,  Band-Agora é TardeFolha de São PauloG1 , e até em Portugal, se liga na quantidade de resultados ao buscar por Recomende um EX no google

O que aprendi
Para gerar engajamento não precisamos dar um prêmio, criar uma promoção e muito menos um concurso cultural. Precisamos apenas de uma boa pergunta.

O que levo comigo
1. Inovar é fazer uma pergunta que ninguém nunca fez antes, e para isso não precisamos de API's, drones ou arduinos
2. Simplificar é mais muito mais difícil do que complicar

O que precisei
- 1 conta no Tumblr 

Com quem
Carla Cortegoso / Lucas Ohara

                                                                                                                                      "Recomendar meu ex? Nunca, ele era um cachorro." 

                                                                                                                                      "Recomendar meu ex? Nunca, ele era um cachorro." 

                                      "Eu recomendaria, casamento é para sempre, namoro não." 

                                      "Eu recomendaria, casamento é para sempre, namoro não." 

                                          "Nada dura para sempre, afinal ninguém é de ninguém."                         

                                          "Nada dura para sempre, afinal ninguém é de ninguém."