E se aviõezinhos de papel fossem nossa próxima rede social? Seja o Facebook, Snapchat, Twitter ou WhatsApp, cada plataforma cria uma forma diferentes de nos relacionarmos com quem está longe, mas, e para falar com quem está logo ali, será que precisamos sempre de um celular para isso?  

Transformamos os apps em aviões de papel, e assim surgiram os Social Planes, uma nova forma de enxergar as redes sociais. A brincadeira pousou noa maiores portais de tecnologia do mundo GizmodoLaughing SquidYorokobuDesign TAXI,  Subtraction, Update or Die e até no Japão


Site

socialplanes.org

Com quem

Rafael Ochoa / Linn Wexell
/ Vitali Poluzhnikov / Didrik Persson 

O que aprendi

Uma conversa pode ir muito mais longe do que imaginamos. Recebi o email de um professor que teve a ideia de usar os aviões para educar crianças sobre tecnologia e o uso de aplicativos durante o seu crescimento. A metodologia já foi aplicada em duas escolas na Suécia e uma no norte dos Estados Unidos.

O que levo comigo

1. Podemos desconstruir qualquer forma de tecnologia sem perder a sua essência e o entendimento das pessoas. 
2. Puxar conversas com estranhos a partir de um avião de papel é sem dúvida muito divertido. 

 

Site


Projeto